'Esteira aquática' possibilita treino de triatleta cego

Nadar e nadar sem sair do lugar em meio à pandemia de Covid-19. A ideia pode ser estranha, mas mantém o sonho vivo de um triatleta cego de participar dos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

A SEGUIR

A SEGUIR